Centro de Informação Europa Criativa

Centro de Informação Europa Criativa

Passar para o Conteúdo Principal

Participação do Reino Unido no Europa Criativa: factos e o que falta saber

A 31 de Janeiro de 2020, o Reino Unido deixou a UE e entrou no período de implementação que dura até 31 de Dezembro de 2020.

O governo do Reino Unido confirmou que as organizações culturais e criativas sediadas no Reino Unido permanecem totalmente elegíveis para o financiamento da Europa Criativa, tanto como líderes quanto como parceiros até 31 de Dezembro de 2020, e, quando seleccionadas, receberão financiamento para toda a duração de seus projectos, mesmo que sejam posteriores a 2020.

A participação no novo programa (2021-2027) está ainda em aberto e será decidida nas negociações sobre o futuro relacionamento com a UE. As primeiras convocatórias no âmbito do novo programa estão previstas para o Outono 2020 e espera-se que nessa altura já se saberá sobre a continuidade da participação no próximo quadro comunitário.

O Creative Europe Desk UK reuniu um conjunto de estudos e factos sobre o impacto do programa Europa Criativa nos sectores cultural e criativo no Reino Unido, veja aqui. Parelalemente, a Comissão Europeia publicou um guia intitulado "How will Brexit impact the Creative Europe programme", acessível aqui.